Palácio São Francisco

Palácio São Francisco: histórico da construção e Sede de Governo

Prédio construído no Alto São Francisco, em Curitiba, por Julio Garmatter, para ser residência de sua família. É uma construção eclética, executada entre 1928 e 1929, pelo engenheiro Eduardo Fernando Chaves.

Em 1938, o então Interventor do Paraná, Manoel Ribas, adquiriu a propriedade para instalar a sede do Governo Estadual, passando a ser conhecido como Palácio São Francisco, em concordância com sua localidade. O governo permaneceu no prédio até 1953, quando o executivo ganhou sede no Centro Cívico, hoje Palácio Iguaçu.

O Palácio São Francisco serviu aos interventores Manoel Ribas, Clotário Portugal, Brasil Pinheiro Machado, João Candido Ferreira Filho, Coronel Mario Gomes da Silva, Antonio de Carvalho Chaves e aos governadores Moysés Lupion e Bento Munhoz da Rocha Neto.

Em 1961, o prédio serviu ao Tribunal Regional Eleitoral, o qual visando ampliar as instalações construiu um bloco anexo à fachada lateral da face leste. Em fins de 1986, foi parcialmente restaurado. No ano de 1987, o prédio original foi tombado e nesta data passou a abrigar o acervo do Museu de Arte do Paraná, hoje extinto.

Em meados de 2002, iniciou-se a restauração do prédio do Palácio São Francisco, a reforma do anexo 1 e a construção do anexo 2 com acesso pela rua Ermelino de Leão, com o objetivo de abrigar a sétima sede do Museu Paranaense, cuja inauguração se deu em 19 de dezembro de 2002. Porém, sem estar concluído, passou por um período de término das obras e revitalização de seus espaços internos, reabrindo ao público em 4 de junho de 2003.

A exposição aconteceu até fevereiro de 2013
Recomendar esta página via e-mail: