SAMP - Sociedade de Amigos do Museu Paranaense


samp

Histórico


A Sociedade Amigos do Museu Paranaense - SAMP é uma entidade sem fins lucrativos criada em 2003 para auxiliar o Museu Paranaense em suas ações de manutenção e preservação do acervo, bem como na pesquisa, atividades educativas e divulgação de suas atividades de forma geral. Em todos estes anos, a SAMP privilegiou a promoção do Museu Paranaense, razão de sua existência, evitando projetar-se, ela mesma, para melhor valorizar uma das mais antigas instituições culturais do Paraná. Ainda assim, esteve discretamente por trás de vários eventos promovidos pelo Museu.

Em 2008, a SAMP candidatou-se a receber recursos do BNDES para reaparelhamento e modernização das instalações do Museu, dotando seu prédio de segurança eletrônica, além da conservação e restauro de partes do acervo do antigo Museu David Carneiro, cujas peças, documentos, livros e demais objetos foram adquiridos pelo Governo do Paraná em 2005, tendo conseguido receber recursos que permitiram avançar em várias destas ações dentro da estrutura do Museu.

Em 2011, a SAMP conseguiu aprovar projeto junto ao Ministério da Cultura, no mecanismo da Lei Rouanet, que tem permitido ao Museu desenvolver as seguintes ações:
- indexação e digitalização do acervo documental;
- aquisição de equipamentos, produtos e serviços para melhor acomodar seu acervo;
- desenvolvimento de ações voltadas à divulgação do Museu, como palestras, cursos e seminários; promoção de curso on line sobre interatividade e educação em museus;
- produção de publicações sobre a produção de Vladimir Kozak, história do Paraná e sobre os personagens da história a partir do acervo pictográfico do Museu.




Resumo das propostas para a Lei Rouanet em 2012


Graças a projeto aprovado pela Sociedade de Amigos do Museu Paranaense, SAMP, o Museu aprofundará em 2012 a organização de seu acervo e espaço museal. A partir de recursos da Lei Rouanet pretende organizar, catalogar e digitalizar cerca de 20 mil documentos do fundo MP, enquanto organiza os documentos do fundo David Carneiro.

Além das exposições no próprio museu e itinerantes para circular pelo Paraná, também será contemplada a realização de palestras, cursos e seminários nas áreas de sua atuação, como: curso sobre a cultura e língua guarani, duas turmas, em parceria com a UFPR; curso sobre inovações tecnológicas na arqueologia, na Semana Nacional de Museus; curso à distância para servidores de museus; seminário sobre o Contestado, em novembro; e palestras sobre temas da história, entre eles, Romário Martins.

No campo das publicações, o Museu irá editar livro sobre a obra de Vladimir Kozak; livro sobre Personagens Paranaenses; cartilha paradidática sobre História do Paraná para crianças; livro sobre a história política recente do Paraná, dos anos 1930 a 1960; Boletim do Museu Paranaense e iniciar a publicação dos primeiros números da Coleção de Teses do Museu Paranaense.

É proposta, também, reformar fisicamente o museu, eliminando vários dos problemas estruturais que o acometem por anos; reequipar os departamentos do museu; dotar os jardins de equipamentos para atender ao público e melhorar as condições de segurança, com instalação de novas câmaras. Ainda, rever o site do museu e instalar totens multimídia.

Você pode ajudar ao Museu Paranaense, apoiando com recursos a Sociedade de Amigos do Museu Paranaense, que poderão ser abatidos de sua próxima declaração de Imposto de Renda, tanto de Pessoa Física, quanto Jurídica. Ao mesmo tempo, estará associando a marca de sua empresa a uma das mais antigas instituições culturais do sul do Brasil, o Museu Paranaense que completa, em 2012, 136 anos de existência.




Como se cadastrar na SAMP


Participe ativamente da vida do Museu!
Faça parte da Sociedade de Amigos do Museu Paranaense e colabore  para que o Museu seja  motivo de orgulho ao Paraná e permaneça entre os melhores do país.

INSCREVA-SE AQUI

Informações: (41) 3304-3300 ou  pelo e-mail: samp2011@seec.pr.gov.br 

Recomendar esta página via e-mail: