Passado e presente: caminhos de uma identidade

Sambistas Colorado
Integrantes da Escola de samba Colorado - da esquerda para direita: Mickey, Binho, Menga, Maé e Susto - Fonte: João Carlos de Freitas


O Museu Paranaense apresenta a partir de 16 de maio, a exposição "Passado e presente: Caminhos de uma identidade" sobre a presença dos afrodescentes no Paraná. A entrada é gratuita.

A construção social do Paraná está vinculada ao processo pelo qual passaram diversos povos, agrupamentos, colonos e imigrantes. Conjuntamente, deve-se considerar a presença do contingente populacional das culturas de matriz africana e afrobrasileira.

A dimensão histórica, sociológica e antropológica do Estado remonta um passado de contribuição permanente e um presente de visibilidade crescente. Os personagens e monumentos desta história tecem homens e mulheres, jovens e adultos, escritos e relatos, sincronicamente, em um emaranhado de vidas presentes e passadas no convívio entre diversos grupos sociais do nosso mosaico.

Compõem a exposição seis painéis fotográficos que retratam imagens de monumentos históricos e personagens do passado com interface de manifestações e personagens do presente. Dentro dos temas tratados está profissão, cultura, religião e a sua importância na construção do mosaico populacional de Curitiba e do Paraná.

Além da exposição, outros eventos irão debater o tema “negro no Paraná”. Confira a programação abaixo.

Lápis
Compositor Lápis

Serviço
Exposição “Passado e presente: Caminhos de uma identidade”

Período expositivo: de 16 de maio a 15 de setembro de 2013

Programação:

19/05: Roda de Capoeira e Show Musical com "Grupo Contradição", às 10h.

21/05: Mesa 1 Debate TEMA: Afrobrasilidade: espaço, cultura e cidadania, às 17h.
-Marcos Cordioli (Presidente Fundação Cultural de Curitiba)
-Selma Baptista (Depto Antropologia da UFPR)
-Itaércio Lopes Rocha (Representante do Bloco Garibaldi e Sacis)

28/05: Mesa 2 Debate: TEMA: Profissional Negro no Paraná: desafios e conquistas, às 17h.
-Dr. André Luiz Nunes da Silva (Advogado, Membro Comissão Direitos Humanos OAB)
-Abidemi Adebayô Majaro (Presidente AfroGlobo Cultural)
-Dr. Jorge Azor Pinto (Prof. UFPR.Ex-Delegado Geral da Policia Civil do PR)

Local: Museu Paranaense - Rua Kellers, 289, São Francisco, Curitiba - PR
Período: de 16 de maio a 15 de setembro de 2013
Entrada franca.
Terça a sexta das 9h às 18h
sábado e domingo das 10h às 16h
Recomendar esta página via e-mail: