Notícias

14/05/2019

Confira a programação da 17ª Semana de Museus

Atividades são realizadas de 14 a 19 de maio. Mais de mil instituições culturais de todo o Brasil participam do evento com 3222 atividades culturais

O Museu Paranaense participa da 17ª Semana Nacional de Museus (SNM), de 14 a 19 de maio, com uma série de mesas-redondas que vão abordar os conflitos agrários no Paraná, a trajetória e história do próprio museu, os povos Xetá e a relação entre acervos museológicos e arte contemporânea.

A Semana Nacional de Museus ocorre anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus (18 de maio) e é proposta pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM). A temática sugerida para 2019 é: “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições” com atividades desenvolvidas nos espaços museais.

Vladimir Kozák/Acervo Museu Paranaense
Expedição de Vladimir Kozák no Conjunto Marumbi, Serra do Mar, Paraná. Vladimir Kozák, cromo colorido, 1940.

Mesas
“Conflitos Agrários no Paraná: novos conceitos e abordagens nas exposições do Museu Paranaense” será o tema da mesa-redonda do dia 14 de maio, das 14h às 17h. A proposta é debater as pesquisas atuais sobre os conflitos armados e agrários no Paraná, atualizando narrativas e trazendo novas abordagens acadêmicas na exposição que faz parte do circuito de longa duração do Museu Paranaense. Participam os historiadores Renê Wagner Ramos (SEEC), Luiz Carlos da Silva (UFPR) e Angelo Priori (UEM).

Na quarta-feira, dia 15 de maio, das 14h às 16h, as publicações sobre o Paranaense ganham destaque na mesa “Estudos e publicações do Museu Paranaense: de trajetórias e histórias ao Palácio São Francisco”. Serão debatidos os últimos trabalhos publicados pela instituição. O museólogo Ricardo Carvalho Rodrigues apresenta a obra Museu Paranaense: caminhos, contextos, ações museológicas e interações com a sociedade, demonstrando o caminho do museu desde sua fundação, em 1876, até 1928. A obra é o 13º livro da coleção Teses do Museu Paranaense. Em seguida, o historiador especialista em conservação e restauração do patrimônio Antonio Carlos de Carvalho lança o livro Palácio São Francisco: de residência Garmatter a Museu Paranaense, apresentando os 89 anos de ocupação do edifício-sede do museu desde 2002.

No dia 16 de maio, quinta-feira, das 14h às 16h, a mesa-redonda “Povos xetá e museus: memória e horizontes entrelaçados” aborda a memória dos indígenas xetá, que parecia fragilizada em decorrência dos conflitos e da diminuição abrupta da população, mas que vem sendo fortalecida no século XXI graças à estruturação dos descendentes e ao entrelaçar de coleções e documentos de diferentes espaços museais. Participam da discussão as antropólogas Maria Fernanda Maranhão (MP) e Lilianny Rodrigues dos Passos e a arqueóloga Claudia Inês Parellada (MP).

“Memória e Ciência: desdobramentos na arte contemporânea” é o tema da mesa-redonda de domingo, dia 19 de maio, das 14h às 16h. A ideia é apresentar as interações entre acervos museológicos e científicos e a arte contemporânea e seus desdobramentos. Participam a arqueóloga Claudia Inês Parellada (MP), o artista plástico Marcelo Moscheta e a curadora Maria Beatrice Trujillo, com mediação de Rafaela Tasca.

Esta última mesa faz parte da ação conjunta “Museus em Diálogo”, em parceria com o Museu da Imagem e do Som do Paraná e o Museu de Arte Contemporânea do Paraná.

Serviço
17ª Semana Nacional de Museu e #museumweek2019 no Museu Paranaense
De 14 a 19 de maio de 2019
Atividades gratuitas

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Comunicação e da Cultura

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.