Setor de História

Mapa da Guerra do Contestado

O Setor de História é responsável pela gestão do acervo mais variado do Museu Paranaense, que compõe-se de documentos manuscritos e impressos, mapas, fotografias, desenhos, pinturas e esculturas, ferramentas, equipamentos, mobiliário, porcelana, vestuário e acessórios, armas, moedas, cédulas, fichas, condecorações e selos. Desde 2011, o setor vem desenvolvendo um trabalho de levantamento, revisão, organização, informatização e pesquisa deste acervo, com o objetivo de disponibilizar e dar visibilidade aos pesquisadores e visitantes, bem como estimular a pesquisa e a produção de trabalhos científicos.

O acervo documental e cartográfico encontra-se digitalizados e acessível aos pesquisadores desde 2012.
 

No acervo documental é possível encontrar mais de 3000 documentos que vão desde manuscritos do século XVIII, atas oficiais da Câmara de Vereadores de Curitiba e Paranaguá, recibos da Revolução Federalista de 1894, assinados pelo Barão do Serro Azul, Cartas Patentes de nomeação de Dom Pedro II do final do século XIX, diplomas particulares e de exposições agrícolas até documentos pessoais e correspondências diversas. Destaque para documentos que tratam sobre a Guerra do Contestado, com as impressões de Romário Martins e outros políticos que debatiam a questão no Paraná, incluindo mapas e proposições territoriais.

O acervo Cartográfico possui aproximadamente 300 mapas, em sua grande parte do estado do Paraná e seus municípios. Os mapas mais antigos datam do século XIX, como o mapa do Rocio de Curitiba de 1882, contudo é possível encontrar reproduções de mapas do século XVIII dos Campos de Guarapuava.

 

Carta de Nomeação

 

O acervo de Numismática é composto de mais de 10 mil peças dentre moedas, cédulas, medalhas, condecorações, fichas, jetons e outros itens relacionados. Destes, mais de 6700 peças pertencem ao fundo aberto do Museu Paranaense, o restante é composto de coleções como David Carneiro, Erasmo Pilotto, Vladimir Kozák, Banestado, Erasmo Pilotto e Julio Moreira, este último adquirido por doação em novembro de 2013.Destaque para a coleção de fichas emitidas por estabelecimentos comerciais e as condecorações imperiais.

* As fichas tinham seus valores determinados pelo emissor e pelo comércio local, neste contexto eram utilizadas em seu ambiente de origem, pois em outros espaços perderiam seu valor.
 

Ficha da Leão Júnior e Companhia (verso) no valor de 10.000
Ficha da Leão Júnior e Comapnhia (frente)

 

Equipe de Apoio

Tatiana Takatuzi 
tatianat@seec.pr.gov.br

Renê Wagner Ramos
renewr@seec.pr.gov.br